InícioLaços e TiarasRecém-nascidos são recepcionados com laços e gravatas confeccionados pela equipe do HGCC

Recém-nascidos são recepcionados com laços e gravatas confeccionados pela equipe do HGCC








28 de dezembro de 2023 – 14:32
#HGCC #Laços e gravatas #recém-nascidos #Recepcionados


Marcelle Honorato – Ascom HGCC – Texto

Thiago Freitas – Foto


Os mimos representam o cuidado da equipe assistencial e estreitam relações entre os profissionais, as mamães e os bebês

Os bebês que nascem no Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), unidade da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), são recepcionados de forma especial em seus primeiros momentos de vida. Os pequeninos são presenteados pela equipe com lacinhos, tiaras e gravatinhas. Além de dar as boas-vindas, a iniciativa evidencia a atenção da equipe por cada umas das crianças e promove relações mais humanas em um momento de vulnerabilidade.

“Geralmente, quando é uma maternidade particular, a mamãe tem todo o cuidado de preparar malinha especial e roupinha para a chegada do bebê. As mães do HGCC, muitas vezes, não têm recursos. Esse lacinho é o agrado especial. Para nós, a gravatinha e o laço têm esse sentido, de fazer com que aquela criança seja especial”, explica Adelianny Holanda, enfermeira da sala de parto.

A touca feita com gaze recebeu um lacinho com as cores do Natal

A iniciativa teve seus primeiros passos ainda durante a pandemia, quando a técnica de Enfermagem Nadejane Bastos, de forma improvisada, começou a confeccionar toucas e lacinhos para os recém-nascidos. A iniciativa de humanização emocionou toda a equipe e ganhou corpo em 2022. Em datas comemorativas, como o Natal, os mimos ganham as cores vermelha e verde em alusão à data.

Atualmente, a equipe se envolve na produção dos mimos, propõe ideias e ajuda na compra das fitas de cetim, rococós, linha de crochê e espuma sintética. O recurso para compra do material para a confecção dos laços e das gravatas é conquistado através de uma rede solidária. Nela, médicos, enfermeiros e residentes se revezam e ajudam com os valores para fortalecer a ação de humanização e cuidado com os pacientes do HGCC.

As cores dos mimos são escolhidas conforme as proximidades de datas especiais, como Copa do Mundo e Natal

Para as profissionais de saúde, todo o esforço é recompensado com o reconhecimento das mães. “Existem mães que fazem questão de que seu filho receba o lacinho ou a gravatinha, assim que sabem do mimo. O filho é especial para ela, mas também especial para nós. Elas veem o cuidado que a gente tem com os filhos dela. Deixamos todos eles bem arrumadinhos, elegantes, como se fossem nossos. É o carinho que a gente tem com eles”, destaca a Deurisete Lopes Melo, técnica de Enfermagem da sala de parto e integrante da ação.

Para as profissionais que produzem os mimos, todo o esforço é recompensado com a emoção das mães

O cuidado para fazer os mimos pode ser visto no tempo dedicado à produção e nos detalhes de cada laço feito. “A Nadejane passa horas e horas fazendo esses lacinhos e tem de ser tudo perfeitinho. Ela tem uma matriz e os laços precisam ser feitos dentro daquele tamanho, as bolinhas da gravata tem de ser cortadas do mesmo jeito. É um capricho”, revelou a Adelianny Holanda.

A confecção dos laços e gravatas é feita manualmente com a ajuda de moldes

Para Nadejane Bastos, o perfeccionismo reflete a importância de cada lacinho. “Eu me sinto muito feliz em fazer esse trabalho, porque é um cuidado que eu gostaria que tivessem com uma pessoa do meu círculo, um ente querido, um filho. Eu me sinto muito feliz em estar aqui, sentar aqui e fazer os mimos. É para uma criança, é uma benção e eu acho que a gente precisa realmente ter todo esse carinho”, conta Nadejane.








Source link

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

WhatsApp
Precisa de ajuda?
👋 Olá
Nosso suporte está online no WhatsApp.