InícioLaços e TiarasProjeto “Mulheres aprendendo a empreender” forma primeira turma

Projeto “Mulheres aprendendo a empreender” forma primeira turma


Um sonho que se tornou realidade e possibilitou a realização de outros sonhos. Assim pode ser resumido o Projeto “Mulheres Aprendendo a Empreender”, desenvolvido pela Prefeitura de Mafra por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, que possibilitou, por cerca de 9 semanas, a 10 mulheres desenvolverem e/ou aperfeiçoarem suas habilidades, transformando-as em um empreendimento.

– CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE –

Sonho realizado

A formatura da 1ª turma aconteceu na tarde de terça-feira, dia 11, no CREAS e contou com a presença das mulheres que superaram obstáculos, desenvolveram a criatividade, aprimoraram conhecimentos e canalizaram suas habilidades visando o seu crescimento pessoal e sua independência financeira e vencendo o desafio de aprender a empreender.

A vice-prefeita de Mafra, Celina Dittrich Vieira destacou a importância de políticas públicas voltadas ao empreendedorismo feminino. “A gente constata que se a mulher tem sua própria renda, vai crescer, conquistando sua autonomia e contribuindo com a movimentação da economia local”, declarou. Celina parabenizou a iniciativa da Secretaria em propor este desafio e às mulheres que aceitaram participar.

A Secretária de Assistência Social e criadora do projeto, Danielle Kondlatsch, falou da sua emoção em concluir essa primeira turma do “Mulheres Aprendendo a Empreender”: “Quando criei a metodologia do projeto, não imaginei resultados tão grandiosos. Vivenciamos grandes transformações, tanto pessoais quanto profissionais”. Foi ainda enaltecida a participação de Patrícia Bresolin Gomes, que recebeu o certificado de paraninfa do curso. A mesma foi responsável pela temática “Motivação para Empreender”.

– CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE –

Para Patrícia, esse projeto foi importantíssimo por transformar em realidade o sonho “Amadas”, que ela teve há um ano, de ajudar outras mulheres a empreender, a se libertarem e a serem donas do próprio nariz. “Hoje, nasce o sonho “Amadas” através de vocês todas e vamos voar muito longe”, declarou dizendo-se muito grata, tanto à Prefeitura de Mafra quanto às participantes por acreditarem no trabalho dela.

Todas as participantes receberam um presente, uma flor e um certificado – no qual foi enaltecido o aspecto de maior destaque vivenciado por elas durante o período de capacitação. Também receberam certificados as apoiadoras e professoras do programa.

Palavra de empreendedora

Uma das integrantes da 1ª turma de “Mulheres aprendendo a Empreender”, Marlene Joras que desenvolveu a habilidade em produzir pães, criando a marca “Pão da Vida” agradeceu às participantes pela inclusão. Ela tem deficiência visual e declarou: “esse curso termina hoje, mas a amizade e o carinho de todas vocês na minha vida nunca vai acabar, porque, desde o momento em que comecei a participar, me senti incluída, abraçada e igual a vocês e isso fez eu me sentir uma pessoa sem deficiência.

A participante Jucélia Grossl foi considerada umas das empreendedoras destaque, com a marca “Delícias Caseiras”. Jucélia recebeu como incentivo um curso técnico para administrar seu empreendimento, presente do Instituto Mix. Ela agradeceu dizendo: “agradeço pela amizade, pela troca de experiências, pelo aprendizado e pelos profissionais trazidos para nos passar os conhecimentos e as técnicas”.

Outra formanda destaque foi Rosimara Nizer Dambroski, com a marca “Confeitando Momentos”. Ela já havia participado de um curso sobre pães e panificação na Assistência Social, no qual aprendeu muitas receitas. No dia do encerramento foi convidada a participar do ‘Mulheres aprendendo a empreender’. “No momento estava desempregada e foi uma saída que encontrei para aprender novos ofícios e conseguir levar o sustento para casa”, explicou. Ela contou que quando começou o desafio, já fazia vendas de algumas bolachas por mês, cerca de 2kg. Ao decorrer do desafio, as participantes foram recebendo dicas sobre organização financeira, cuidado com os alimentos, criação da marca própria, novas receitas, etc. “Assim que participava das aulas, ia aplicando na venda de bolachas. Foi onde passei a vender no mínimo 2kg de bolacha na semana”, destacou Rosimara. Ela agradece à equipe da secretaria e pelo empenho e motivação. “O projeto é um sucesso, muito bem elaborado. Tenho certeza que vai dar um rumo a todos que nele se juntarem, assim como foi na minha vida. Gratidão a todos. ‘Confeitando Momentos’ a marca que registra cada momento vivido com pessoas maravilhosas”, concluiu.

– CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE –

Por se destacar no empreendedorismo, recebeu uma bolsa de estudos da Uninter para fazer um curso técnico numa área a escolher.

Acompanhe as formandas e seus produtos

FORMANDA

PRODUTO

MARCA

Adriana Aparecida Martins

Doce pé de moça

Sabores da Infância

Daniela Tananuska

Pães

Delícia de Pão

Edenize Farias dos santos

Sabão caseiro

Limpa, limpa limpa Tudo

Caroline Fernandes

Laços e tiaras

Mimos de Menina

Marlene Joras

Pães

Pão da Vida

Cristina Afonso Sampaio

Ceroulas

Memórias de Família

Marlete Ribeiro

Bolachas

Carinho e Sabor Delícias da Marlete

Rosimara Nizer Dambroski

Bolachas

Confeitando Momentos

O Programa Mulheres aprendendo a empreender participou com stand no II Festival de Inverno de Mafra, com exposição e venda de seus produtos. A Secretária Danielle Kondlatsch anunciou que uma nova turma do programa deverá ser anunciada ainda este ano, no mês de setembro.





Source link

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

WhatsApp
Precisa de ajuda?
👋 Olá
Nosso suporte está online no WhatsApp.